SINCE transforma Natal na Capital dos Economistas

O XXV Simpósio Nacional dos Conselhos de Economia, realizado em Natal, foi um sucesso de público e organização. A capital potiguar se tornou a capital dos economistas durante os três dias de evento, com a participação de profissionais de todo o Brasil. Mais de 300 economistas que se reuniram de 31 de agosto a 2 de setembro no Hotel Praiamar Natal Hotel & Convention. No sábado, 3 de setembro, ocorreram a Plenária Ampliada, com participação dos presidentes dos Conselhos Regionais de Economia, e a Plenária do Cofecon, com a presença dos conselheiros federais.

Após dois dias de intensas discussões, os três grupos de trabalho apresentaram na Plenária as propostas que foram discutidas e avaliadas pelos delegados dos Conselhos Regionais de Economia, um total de 141 pessoas cadastradas nesta edição do Simpósio. Na Plenária de Encerramento, onde ocorreram as deliberações, a mesa diretiva foi composta pelo presidente do Cofecon, Júlio Miragaya; o presidente do CORECON-RN e organizador do XXV SINCE, Ricardo Valério Costa Menezes; o relator geral do SINCE, o conselheiro federal Antônio Melki Júnior; e pelo secretário do SINCE, o conselheiro federal Nei Jorge Correia Cardim.

 O Grupo de Trabalho 1 – Formação, Aperfeiçoamento Profissional e Mercado de Trabalho do Economista, coordenado pela presidente do Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Sul (CORECON-RS), recebeu 12 propostas. Entre as aprovadas, está a parceria entre CORECON-PR E Cofecon para desenvolver projeto piloto de Mediação e Arbitragem. Já o Grupo 2 tratou do Aperfeiçoamento do Sistema Cofecon/Corecons, coordenado pelo presidente do Conselho Regional de Economia do Rio de Janeiro (CORECON-RJ), José Lutterbach. Ao todo, 13 propostas foram enviadas pelos Regionais, tendo entre as aprovadas a criação de um Cadastro Nacional com informações básicas sobre os profissionais e empresas registrados nos Corecons.

 Por fim, o Grupo de Trabalho 3 concentrou as discussões em Estrutura, Conjuntura Econômica, Política e Social do Brasil, as quais foram coordenadas pelo conselheiro federal Róridan Duarte. Seis propostas foram enviadas pelos Regionais e aprovou-se a defensão da redução gradativa da taxa Selic como mecanismo de retomada do crescimento econômico e redução da recessão nacional. Após as propostas foi apresentada, votada e aprovada uma Carta sobre conjuntura econômica e política do País. Clique AQUI para acessá-la.

 Ao final da apresentação dos GTs, os Corecons de Mato Grosso do Sul e Rondônia apresentaram candidatura manifestando interesse em sediar o próximo Simpósio, em 2018. Por votação entre os presentes, Porto Velho foi escolhida como a nova sede do encontro, com 45 votos, enquanto Campo Grande recebeu 44 votos.

 O próximo passo foi a entrega do Prêmio Personalidade Econômica ao economista Otaviano Canuto, diretor executivo do Banco Mundial para o Brasil e outros oito países. A honraria reconhece os economistas que contribuíram para o desenvolvimento da Ciência Econômica e da profissão de economista nas vertentes teórica ou aplicada, com destaque no cenário nacional ou internacional, nas áreas do conhecimento científico, educacional, cultural e profissional. “As pessoas que já receberam o prêmio mostram o quanto ele é valioso. É um grande estímulo para manter elos com o meu País, já que moro há muitos anos no exterior, e fazer o melhor por ele nas posições profissionais que ocupo”, afirmou.

 As duplas vencedoras da Gincana Nacional de Economia também foram premiadas durante a cerimônia de encerramento. Os estudantes Bruno Toshio Ogava e Pedro Lima Coelho, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) conquistaram o primeiro lugar na competição. Em segundo, Juan Lucas Santiago de Souza e Luann Felipe de Moraes Lobo, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA); em terceiro, Renan Costa Viana e Juliana dos Anjos Fonseca Rosa, da Universidade Federal do ABC; e, em quarto lugar, os alunos Leonardo de Castro Lima e Felipe Costa de Faria, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Primeiros colocados da VI Gincana Nacional de Economia

 

 

*Fonte: Assessora de imprensa do Cofecon

One thought on “SINCE transforma Natal na Capital dos Economistas

  1. bom dia,

    participei do since em natal o ano passado , solicito a programação do evento!

    fico no aguardo ,

    um abraço
    joão henrique da silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website