Temer fez opção por manter privilégios

Nesta segunda-feira (4), o Presidente do Corecon/RN, Ricardo Valério, concedeu entrevista à Tv Ponta Negra (SBT), dissecando sobre de onde virão os recursos subsidiados que o Governo Temer utilizará pagar a Petrobras os R$ 0,46 da redução dos preços do Diesel. “Mas uma vez a conta cairá nas costas da população notadamente a mais pobre, pois, se dessa vez o governo não aumentou tributo, ele teve que reduzir verbas de projetos da área social, não poupando a saúde e a Educação, que terão seus serviços, ofertando mais precarizados ainda”, afirmou o Presidente.

Indicando que o Presidente Michel Temer, fez opção de manter os privilégios aos parlamentares: bolsas moradias ao custo de R$ 28 milhões de diários do Congresso nacional, que continuarão intocáveis.

Segundo, Ricardo, o susto imposto pelos caminhoneiros ao governo, ainda não foram suficientes para a classe política não parar de subestimar a capacidade de tolerância do povo brasileiro, que não aguenta mais tantos desmandos e desperdícios de recursos públicos e, que nas próximas eleições pode dar o troco em uma exponencial renovação das Assembleias legislativas, Câmara Federal, Senado e o Executivo de todo o país.

Lembrando que, em outubro próximo, têm eleições, onde oferece uma gigantesca oportunidade de ser promovida uma ampla reforma do Congresso Nacional e a eleição de um Presidente novo, que seja um estadista e, que seja capaz de implementar mudanças de alto impacto, com choque de gestão e moralidade que o país requer urgente.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website