Economistas em destaque

Não há como negar a forte presença das mídias em todos os setores da atividade humana, ampliando o campo de comunicação e possibilitando mais visibilidade aos que nelas navegarem. E os economistas não estão alheios a este fenômeno, ainda quando se vive uma crise financeira/fiscal/administrativa/política em todo país e por todos ou quase todos os entes da Federação.

O Rio Grande do Norte não é uma ilha. Portanto, está dentro deste contexto, e convoca seus economistas à mídia para trazerem à luz um pouco de discernimento sobre a crise que se instalou na terra potiguar.

Hoje, sexta-feira(20), tivemos em dose dupla, as presenças de dois renomados economistas e professores da UERN, concedendo entrevistas ao Bom Dia RN, da IntertvCabgugi. O Conselheiro Leovigildo Cavalcanti também Diretor da Facen -responsável pelo Congest -, falando sobre os impactos da liberação da primeira parcela do décimo terceiro salário pelo Governo Federal e os atrasos, muito bem destacados, pelo Leovigildo, em relação de igual benefícios do décimo de 2017, ainda não honrados infelizmente pelo Governo Estadual, pagos somente a uma parte dos servidores.

Também em entrevista no mesmo telejornal, o economista e professor Manoel Nunes, tratou sobre a queda das exportações de frutas no Estado com impactos negativos na geração de divisas para o RN.

Entretanto, os economistas também estão na mídia, usando estas poderosas ferramentas de comunicação para mostrar suas teses e produções acadêmicas que se tornarão espelhos ou soluções aplicadas para nossa sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website