Educação financeira começa a ganhar espaço no ensino médio.

O Corecon/RN se sente muito honrado pela insistente proposição de fazer da Educação Financeira, uma de suas bandeiras para levar as pessoas a fazer seu planejamento Orçamentário e aderir a cultura da poupança, como importantes ferramentas para que a população brasileira passe a ter um melhor equilíbrio financeiro e orçamentário.

“Não podemos conceber , que num país como nosso Brasil, com 64 milhões de enfocados e que vive ciclos de crises sazonais, não seguirmos a prática do ensino da Educação Financeira, ainda de forma transversal, como importante ferramenta de estabelecer um melhor equilíbrio orçamentário das familiares brasileiras “, afirma Ricardo Valério, Presidente do Corecon/RN.

O Corecon/RN, tem debatido e insistentemente levado este tema ao nosso Conselho Federal, ao lado de outros estados que têm a mesma preocupação com as famílias brasileiras, que em sua maioria sofrem com a falta de conhecimento básico de controle de suas finanças. Os primeiros resultados começaram a dar as primeiras sinalizações de avanços a nível nacional, como veremos, na boas notícias vindas da audiência do Presidente Wellington Leonardo essa semana junto ao MEC, Ministério Educação e Cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website