Presidente do Cofecon esteve no CNE para tratar da inclusão do ensino de Economia e Finanças nas escolas

O presidente do Conselho Federal de Economia (Cofecon), Wellington Leonardo da Silva, esteve na sede do Conselho Nacional de Educação (CNE), na última quinta-feira, 8 de novembro, para participar de reunião com o conselheiro da entidade Rafael Lucchesi Ramacciotti, o qual também é economista. O objetivo do encontro foi pleitear a inclusão do ensino de Economia e Educação Financeira na grade curricular dos ensinos fundamental e médio.

“Muitos jovens chegam às universidades sem conhecimento de princípios básicos de economia e finanças, que são fundamentais para seu futuro sucesso profissional no gerenciamento, por exemplo, dos recursos de que dispõem para realizar seus projetos”, observou o presidente do Cofecon.

Rafael Luchessi afirmou que a preocupação do Cofecon está contemplada nas Diretrizes Curriculares Nacionais, que orientam o planejamento curricular das escolas e sistemas de ensino. “Sou solidário a essa questão por identificar que é uma necessidade da sociedade. Nós temos graves problemas ocasionados pela ignorância financeira”, afirmou. Em breve, o conselheiro do CNE enviará as novas Diretrizes, aprovadas nesta semana, ao presidente do Cofecon.

“Temos muitos professores no Sistema Cofecon/Corecons. A ideia é que, a partir das novas diretrizes, os Conselhos Regionais de Economia de cada estado entrem em contato com as secretarias de educação e as escolas no sentido de contribuírem para efetiva inclusão das disciplinas. Estamos prontos para trabalharmos juntos”, concluiu Wellington Leonardo da Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website