Presidente do Corecon/RN fala sobre trabalho informal

Nesta segunda-feira, (19), o Presidente do Corecon/RN, Ricardo Valério, concedeu entrevista ao Bom dia RN, IntertvCabugi, afiliada Globo Natal, na qual discorreu sobre as oportunidades de trabalhos temporários de final de ano e o crescimento das ocupações informais:

“Atualmente o RN tem cerca de 1.330.000 mil trabalhadores com e sem carteira de trabalho. O que nos assusta é vermos que temos um crescimento muito grande de ocupações informais, sem a devida proteção da previdência social. Temos ainda 220 mil desempregados e mais 178 mil desalentados, que gera uma massa de quase 400 mil Potiguares sem renda e ocupação. Os mais jovens e a terceira idade, são os que mais sofrem com a baixa empregabilidade e oportunidades de ocupação das suas forças de trabalho. Num Estado em que o setor público é um dos maiores empregadores e este ano, até as vagas temporárias são a metade do que já foram ofertadas em antes da crise em 2013, temos que tentar passar uma mensagem positiva mais realista, que somente o empreendedorismo e as pequenas empresas, podem recuperar as oportunidades de ocupação e renda em nosso Estado. Nos resta também acreditar que os novos Governantes do Brasil e do nosso Estado, consigam equilibrar as nossas contas e fazer os ajustes necessários. É indispensável também, que a inflação continue sobre controle e que os juros baixem a níveis atrativos, pois somente assim, haveremos de conquistar à retomada do crescimento econômico do Brasil e do RN mais vigoroso, para os empregos derretidos pela crise iniciada em 2014, seja finalmente debelada. O que se observa nos dias atuais, é que até o momento, apenas submergimos das profundezas do poço o que nossa economia desceu. Acredito independente das peripécias que a equipe do ministro da Economia o Roberto Guedes venha a implementar, que o Brasil estará saindo do ciclo recessivo, pois a literatura histórica do Brasil, assim nos confirma, que vivemos desde a proclamação da república em ciclo, de baixas e altas. Estamos na torcida para que a nossa Governadora Fátima Bezerra, acerte nos ajustes necessários para a busca urgente do equilíbrio fiscais do Estado, somente possível, via um amplo pacto de Governabilidade entre os três poderes, as forças produtivas e a sociedade civil. Queria Deus que ela consiga”.

Ricardo Valério
Presidente do Corecon/RN

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website