Economistas cometam sobre altos Impostos dos produtos natalinos e finanças pessoais

Nesta sexta-feira os economistas Ricardo Valério Menezes, Presidente do Corecon/RN e Robespierre d’O, Diretor do Sindecon, foram na sequência os entrevistados do Bom Dia RN da Intertv, afiliada Globo do RN. O Presidente Ricardo Valério, abordou a questão dos altos impostos aplicados sobre os produtos de artigos das festas de fim de ano, desde os alimentos, bebidas, efeitos de natal aos presentes mais vendidos como perfumes importados e vídeos games, que são os campeões dos impostos mais pesados.

A variação dos impostos de mercadorias de épocas, variam de 30 a 80%, por serem caracterizados como produtos supérfluos, com perfumes liderando a ordem da altíssima carga tributária, com 80%, vindo na sequência os Vídeos Games com cerca de 72% e as bebidas seguida com ate 69% de impostos embutidos nos preços ao consumidor.  O Presidente do Conselho destacou que mais importante do que o valor do presente com alta carga tributária, mais importante é o valor sentimental da lembrança, assim, uma saída inteligente e racional. Com dica sugere presentear com um livro, que além do conteúdo cultural e informativo, tem uma suportável carga tributária de apenas 15,5% contra os 80% de um perfume importando. Outra dica importante, é que ao invés de presentear a um filho com um vídeo game com 72% de impostos, faça a opção pelo um notebook, cuja a carga tributária é de apenas 24%, além do mesmo ser muito mais útil para as pesquisas e estudos escolares do seu filho, do que o vídeo game que vai plantar seu filho na ruborização da tela da TV.

Já o Economista Robespierre D’0, vez um consistente depoimento sobre as questões relativas a falta de educação financeira e planejamento orçamentário dos brasileiros, que os conduzem a não ter o saudável hábito da prática da cultura da poupança de parte do que ganha, para enfrentar as eventualidades e se prepararem para uma aposentadoria mais tranquila.

Essa última semana do ano, os economistas do RN, formaram destaques de segunda a sexta feira, já que no início da semana o Economistas Jurandir Nobrega, também foi entrevista ao dentro do BOM DIA RN, além dos Economistas terem sidos entrevistados nos demais veículos da nossa capital, abordando temas diversos.

A semana e o ano caminham para encerrar como muito positivo para os economistas Potiguares, que ganharam credibilidade de tamanha porporções vistas em outros tempos junto à mídia do RN, inclusive se irradiando para a cidade de Mossoró, onde os economistas e conselheiros do Corecon/RN, Leovigildo Cavalcanti diretor da Facem e o professor Emanoel da UERN, são constantemente entrevistados sempre com abalizados depoimentos.

Para Ricardo Valério, os reflexos dos espaços conquistados pelos economistas, ficam mais evidentes ainda , quando se olhar para a equipe da Governadora Fátima Bezerra, onde os economistas nunca na história do RN, ganharam tantos destaques ao longo de vários governos, pois além de 8 integrantes na equipe de transição, já foram anunciados dois secretários de Estado, economistas como da ex-presidente do Corecon-RN, Maria Virginia e do ex-coordenador do IBGE Ademir Freire, competentes e destacados economistas, confirmados respectivamente, a secretários de Administração e Secretário de Planejamento e Finanças, duas importante pasta do Governo Fátima Bezerra,  que o Corecon-RN, vem apoiando e torcendo para que o RN entre numa curva de equilíbrio, que vai exigir ainda um pouco mais de paciência e resiliência da sociedade Potiguar, diante da gravidade da herança a ser repassada a Governadora da ordem de mais de R$ 2,6 bilhões de dívidas do governo Robinson de Farias, uma desafio a ser superado, pela competente equipe técnica que a Governadora está montando de forma cirúrgica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website