Juros extorsivos, diz Ricardo

Ontem (17), o Economista Vice-Presidente do Corecon/RN, Ricardo Valério Costa Menezes, concedeu entrevista ao BOM DIA RN, jornal da IntertvCabugi, dissertando sobre o crescimento de 2,8% das vendas do comércio varejista no Brasil no terceiro trimestre de 2018.

Todas as expectativas geradas para 2019, apontadas para o comércio de supermercados, lojas de roupas, calçados e eletrodomésticos são positivas e podem superar em até a margem de mais de 4% de crescimento das vendas, notadamente, se houver uma maior queda de juros no Brasil e a retomada do crescimento econômico ganhar mais forças e velocidade.

“Em nossa visão, para isto ocorrer, tem que haver uma substancial queda na taxas de juros, pois nada justifica a manutenção das práticas abusivas dos juros extorsivos cobrados no Brasil. A inflação baixou a 3,75%, a Taxa Selic está firme em 6,5% a.a,dólar em queda, bolsa em alta, e somente as taxas de juros exorbitantes não caem, se constituindo numa verdadeira prática de agiotagem oficial a 300% a.a nos cartões de crédito e cheque especial. Um verdadeiro absurdo, incentivando ao mercado financeiro ao invés aos investimentos no setor produtivo gerador dos empregos e renda” relatou o economista, Ricardo Valério.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website