Economistas explicam queda do crescimento da Indústria Extrativista e Economia Efetiva

Já se tornando uma rotina muito bem-vinda, pois, as participações dos economistas, nos meios de comunicação versando sobre temas que afetam diretamente a população, proporcionam um melhor entendimento de assuntos, até então, de pouco interesse e, que agora, desperta nos leitores, telespectadores e consumidores de outras mídias uma atenção mais efetiva. Os economistas buscam comentar assuntos de maneira que todos entendam com linguagem de fácil acessibilidade.

Hoje, a Economista Sandra Barbosa, da Fiern, esteve analisando, no “Bom Dia RN da Intertv, os fatores que levaram a uma pequena queda sinalizada na produção da indústria extrativista do RN durante o último trimestre, embora as perspectivas para 2019 seja um crescimento repetido de 2018, da ordem de 3%.

Outro assunto abordado pelo professor Zivanilson Silva, foi a sobre o crescimento da chamada Economia Afetiva, extensão da economia solidária, onde pessoas comercializam coletivamente em um mesmo espaço, produtos que mexem e têm um apelo emocional dos consumidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website