Corecon/RN se solidariza com às famílias dos atletas mortos na tragédia do Rio

O Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte – Corecon/RN, se solidariza com todos e, principalmente, com as famílias que choram a morte dos seus jovens filhos e atletas do Flamengo, que pereceram no trágico incêndio no alojamento do Centro de Treinamento, conhecido como Ninho do Urubu, ocorrido na madrugada de 8/2/2019. Interrompendo os sonhos destes garotos e de suas famílias.

O episódio trouxe à luz a frágil, fraca ou quase nenhuma fiscalização, controle e manutenção da precariedade dos alojamentos, os quais os jovens atletas eram submetidos, na esperança de algum dia mudarem suas vidas e de suas famílias. Exposta uma clara negligência dos órgãos de fiscalização e do próprio clube, que deveriam fiscalizar e proteger os cidadãos e seus atletas, acima de tudo seres humanos.

Nossa tristeza é profunda e nos juntamos aos companheiros do Corecon/RJ, que nos últimos dias vêm sendo testemunhas de eventos trágicos que se abaterem sobre a cidade do Rio de Janeiro, nos impondo luto e solidariedade ao Brasil inteiro e o mundo do futebol, neste caso do Flamengo. Juntos haveremos de superar todo este infortúnio, que levou os sonhos de jovens que tinham em seus pés e mãos as esperanças de uma vida melhor.

Se faz necessário fecharmos, de uma vez por todas, estas chagas que caem sobre nós, que poderiam e deveriam ser evitadas, com fiscalização séria e continuada. Exigimos rigorosamente, investigação e punição com todo rigor da lei aos responsáveis, para que o fato não se repita e possamos ter uma sociedade mais justa e crente na lei.

Precisamos, urgentemente acabar com a falta de punição, esta chaga que insiste e persiste em permanecer viva em nosso seio.

Corecon/RN – Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website