Corecon/RN em encontro com Secretário de Tributação

Robespierre do O’Procópio, Cleiton Anderson Silva de Melo, Cláudia Lúcia da Silva, Wagner Puerta, e Francisca Suerda Soares de Oliveira.

Ontem (20), o economista Wagner Puerta, Presidente do Corecon/RN, acompanhado dos economistas Robespierre do O’Procópio, diretor do Sindicato dos Economistas, Cleiton Anderson Silva de Melo, Cláudia Lúcia da Silva, Francisca Suerda Soares de Oliveira, estiveram presentes na “Reunião Empresarial, Trabalhando o Futuro do RN”, com o Secretário de Tributação do Governo do Estado, o senhor Carlos Eduardo Xavier, na sede da ACRN – Associação Comercial e Empresarial do Rio Grande do Norte.

O encontrou serviu para o Secretário Carlos Eduardo, explicitar e abrir um canal de diálogo com a sociedade geradora de empregos, no qual mostrou as iniciativas já tomadas pelo Governo de Fátima e ouvir ideias dos presentes.

Representantes empresariais do agronegócio, indústria e comércio de todo o Estado presentes ouviram atentamente os compromissos dito pelo secretário dentre eles foi informado a permanecia do Proadi, entretanto o Governo irá verificar se as empresas beneficiadas estão cumprindo sua parte na geração de empregos e socialmente, o Carlos Eduardo, foi enfático no que diz respeito a carga tributária de não criar ou gerar medida que aumente impostos, mas sim, estão sendo tomadas ações fortes na cobrança e no combate a sonegação, que impõe sobre as empresas idôneas uma concorrência desleal, inibindo investimentos e consequentemente impedindo geração de empregos e desenvolvimento para a sociedade potiguar.

No arcabouço das medidas também foi dito pelo Secretário que o Governo está criando um programa de incentivo ao investimento em micro, pequenas, médias empresas, parecido com o Proadi.

Na ocasião, muitos dos presentes falaram na necessidade de uma boa infraestrutura viária para escoamento da produção, a modernização do porto de Natal e Areia Branca, pois em alguns casos os exportadores são obrigados a utilizar portos de Estados vizinhos. Também foi dito por Carlos Eduardo, que está em negociação incentivo para atrair industrias ligadas à geração de energia eólica.

“Encontro bastante produtivo, principalmente pelo fato do Governo se dispor a ouvir a sociedade, é uma maneira de sabermos quais às reais propostas em andamento do Governo de Fátima, para geração de emprego para uma economia crescente do Estado do Rio Grande do Norte, que tenha perenidade, que seja sustentável. O Secretário expôs o que o governo pretende e também ouviu atentamente sugestões. Foi um canal direto com a sociedade civil, ligada a produtividade com o Governo. Foi extremamente positivo, incentivador”, confiante, disse o Wagner Puerta, Presidente do Corecorn/RN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website