XXV Prêmio Brasil de Economia-2019.

page1image3824384

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA DELIBERAÇÃO
No 4.935, DE 1o DE OUTUBRO DE 2019.

Homologa os resultados do XXV Prêmio Brasil de Economia-2019.

O PRESIDENTE DO CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA, no uso de suas atribuições legais e disposições regulamentares conferidas pela Lei no 1.411, de 13 de agosto de 1951; Decreto no 31.794, de 17 de novembro de 1952; Lei no 6.021, de 3 de janeiro de 1974; Lei no 5.637, de 19 de julho de 1978; e o que consta do Processo no 18.801/2019, “ad referendum” do Plenário;

CONSIDERANDO o disposto no Regulamento do XXV Prêmio Brasil de Economia – XXV PBE, aprovado pela Resolução no 2.003/2019, publicada no D.O.U. no 35, de 19 de fevereiro de 2019, seção 1, páginas 88 e 89, bem como o disposto na Resolução no 2.014/2019, publicada no D.O.U. no 152, de 08 de agosto de 2019, seção 1, página 344;

CONSIDERANDO o disposto na ata da Comissão Avaliadora, eleita conforme os ditames da Lei no 8.666/1993, em seu art. 51, § 5o;

CONSIDERANDO a necessidade de divulgação dos resultados do XXV Prêmio Brasil de Economia a fim de viabilizar a cerimônia de entrega em 16 de outubro de 2019, durante a realização do XXIII Congresso Brasileiro de Economia, em Florianópolis-SC.

R E S O L V E:

Art. 1o Homologar o resultado do concurso público intitulado XXV Prêmio Brasil de Economia, conforme o disposto no artigo 22, § 4o da Lei 8.666/1993:

CATEGORIA LIVRO DE ECONOMIA:

1o Lugar (Prêmio de R$ 8.000,00): Economista: Beatriz Macchione Saes – Registro: 34305-SP. Título: “Comércio ecologicamente desigual no século XXI. Evidências a partir da inserção brasileira no mercado internacional de minério de ferro”;

2o Lugar (Menção honrosa): Economista: José da Silveira Filho – Registro: 3991-PR. Título: “As metamorfoses do café. O surgimento da indústria brasileira (1860-1930)”;

3o Lugar (Menção honrosa): Economista: Fernanda Graziella Cardoso – Registro: 32771-SP. Título: “Nove clássicos do desenvolvimento econômico”.

CATEGORIA TESE DE DOUTORADO:

1o Lugar (Prêmio de R$ 7.000,00): Economista: Tomás Amaral Torezani – Registro: 8700-RS. Título: “Evolução da produtividade brasileira: mudança estrutural e dinâmica tecnológica em uma abordagem multissetorial”;

2o Lugar (Menção honrosa): Economista: Lucas Milanez de Lima Almeida – Registro: 1621-PB. Título: “A desindustrialização à luz da Teoria Econômica Marxiana: conceitos, definições e um estudo do caso da economia brasileira pós-1990”;

3o Lugar (Menção honrosa): Economista: Autenir Carvalho de Rezende – Registro: 2222-GO. Título: “Capitalismo histórico-espacial no Brasil – Sistemas de circulação, integração nacional e desenvolvimento”.

CATEGORIA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO:

1o Lugar (Prêmio de R$ 5.000,00): Economista: Arthur Henrique Santos Bronzim. Registro: 36641-SP. Título: “A eficiência do gasto público como viabilizadora do novo regime fiscal: uma aplicação para as internações do Sistema Único de Saúde no Brasil entre 2008 e 2017”;

2o Lugar (Menção honrosa): Economista: Camila de Almeida Luca – Registro: 3263- SC. Título: “Influência dos fatores socioeconômicos familiares na escolha dos cursos de nível Superior para os ingressos na UDESC em 2018”;

3o Lugar (Menção honrosa): Economista: Alex Rilie Moreira Rodrigues – Registro: 703-RO. Título: “Análise da convergência de renda para os estados e municípios da região Centro- Oeste do Brasil: entre 1999 a 2015”.

1o Lugar (Prêmio de R$ 3.000,00): Economista: Augusta Pelinski Raiher – Registro: 7148-PR. Título: “Condição de pobreza e criminalidade: uma análise espacial entre os municípios do Paraná”;

2o Lugar (Menção honrosa): Economista: Keynis Cândido de Souto – Registro: 5191- PE e Economista: Marco Flávio da Cunha Resende – Registro: 4713-MG. Título: “Câmbio real e inovação tecnológica: evidências empíricas”;

3o Lugar (Menção honrosa): Economista: Kalinca Léia Becker – Registro: 7029-RS. Título: “Deficiência, emprego e salário no mercado de trabalho brasileiro”.

CATEGORIA MONOGRAFIA DE GRADUAÇÃO (Estudante):

1o Lugar (Prêmio de R$ 3.000,00): Estudante: Áurea Christina Santos Souza. Título: “Qualidade ambiental das regiões metropolitanas do Nordeste brasileiro: um estudo comparado”. Instituição: Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC;

2o Lugar (Menção honrosa): Estudante: Jefferson Chaves da Silva. Título: “Pobreza multidimensional nas mesorregiões catarinenses: um estudo a partir da abordagem das necessidades básicas”. Instituição: Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC;

3o Lugar (Menção honrosa): Estudante: Ana Clara Ramos Simões. Título: “Pobreza multidimensional em Minas Gerais: uma análise em suas mesorregiões nos anos 2000”. Instituição: Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG.

Art. 2o Esta Deliberação entra em vigor na data de sua publicação. Brasília-DF, 1o de outubro de 2019.

Econ. Wellington Leonardo da Silva
Presidente do Cofecon

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website