Redução dos preços dos combustíveis não chegam ao consumidor final

Ontem, sexta-feira (6), em entrevista a IntetvCabugi, o Presidente do Corecon-RN, o economista Ricardo Valério, versou sobre a redução dos preços dos combustíveis definidos pela Petrobras que não chegam de forma integral ao consumidor final. “O que ocorre na prática, é que a partir das distribuidoras o mercado é livre e, assim sendo, quem vem retendo e se apropriando da queda dos preços são as redes distribuidoras e os postos de combustíveis. O Consumidor tem que ficar atento e pesquisar”, disse Ricardo Valério.

Ainda sugeriu que os consumidores observem onde existem as promoções que é a melhor prática e encher o tanque do seu veículo nas eventuais ações dos postos de combustíveis, seria o mais recomendável, embora raras na cidade do Natal/RN, ainda pontualmente acontecem, reconheceu.

O presidente do Conselho, ainda como redução de custos, pôs mais outras opções para quem necessita se deslocar. O uso do transporte solidário foi uma alternativa para minimizar custos como transporte, e ainda, a utilização dos serviços de transportes por aplicativos em vez de ter que sair no próprio veículo, “Já que vem sendo uma das alternativas da galera mais descolada de nossa capital”, expressou-se.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website