Corecon-RN cobra agilidade do Governo Federal na liberação dos R$ 600,00 aos informais

O Conselho Regional de Economia – Corecon-RN, cobra maior agilidade do  Governo Federal, para que o Ministério da Economia, possa urgentemente fazer os repasses dos recursos dos vauchers de R$ 600 reais destinados  aos trabalhadores informais, autônomos, micro empreendedores do MEI, os beneficiários do Bolsa famílias e do Cadastro Único, com a maior brevidade. Não podemos esperar previsões aos anúncios iniciais do Governo, somente para iniciar os pagamentos a partir do dia 16 ou 10 de abril.

Entendemos que a fome não espera, assim rogamos que os repasses pelo menos os da Bolsa Família e Cadastro Único, que já os mesmos estão devidamente registrados, sejam liberados de imediato.

Ratificamos ainda, que além dos efeitos sociais da liberação desses recursos para amenizar a fome dos mais vulneráveis, temos aum impacto importante para a nossa economia, face aos resultados da circulação dos mais de 40 bilhões previstos para essa modalidade de beneficiários, estimados em cerca de aproximadamente mais de 31milhões brasileiros.

Se faz necessário a urgência da liberação dos recursos, que irão contribuir para oxigenação da economia e dar a sustentação social a quase um terço da população em situação de vulnerabilidade do nosso desigual país, pois, a fome não segue calendário e nem espera a burocracia pública.

Ricardo Valério Costa Menezes
Presidente do Corecon/RN

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website