Corecon-RN-Observatório COVID-19: Agronegócio potiguar perde voo

O Presidente do Corecon-RN, Ricardo Valério, comenta sobre a péssima notícia que atingiu em cheio os fomentadores do agronegócio do Estado do Rio Grande do Norte, que foi a saída do voo da única empresa internacional de cargas, para o aeroporto de Pernambuco, pela falta de logística e redução de demanda.

É uma perda grande com enormes consequências ao agronegócio potiguar, que semanalmente fazia dois voos de 60 toneladas e, que agora, passa a fazer através do aeroporto de Recife, implicando e impactando severamente nos custos operacionais e de transportes.

Isto ocorreu também, muito em função da pandemia, vencida esta etapa, espera-se esforços de todos na recuperação destes voos, para não impor mais essa carga sobre os ombros dos produtores do agronegócio e consequentemente aos governos estadual e municipais perdas de arrecadação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website