Duplicação da BR-304: “SALVAR E PRESERVAR VIDAS”.

Desde época em que foi falado da construção do novo aeroporto de São Gonçalo do Amarante, como a grande obra para o Rio Grande do Norte, que nos posicionamos um tanto quanto reticentes, pois entendíamos que seria muito mais viável e econômico, a ampliação do excelente e bem localizado aeroporto de Parnamirim/RN, do que os altos investimentos em São Gonçalo, que sinalizavam as autoridades naquela me momento, é verdade, motivados pela instalação no novo Aeroporto de um Centro de Conexões que nunca veio para o RN. Já desde daquela oportunidade, que defendíamos com convicção, que com a economia da reforma de ampliação do extraordinariamente bem localizado aeroporto de Parnamirim, podia pleitear a duplicação da BR 304, ganhando assim ampliação do nosso modal de mobilidade terrestre tanto quando do ampliado e maravilhoso aeroporto histórico de Parnamirim de localização estratégica, desde da época da segunda grande guerra mundial.

Não tenham dúvidas os senhores, que a duplicação da BR 304 teria sido muito mais viável e importante para o desenvolvimento do RN do que o novo aeroporto de São Gonçalo, pela força estruturante para o RN, do último trecho que falta para unir toda a região Nordeste, que resta no trecho perigoso da nossa BR 304, ligando Natal/Mossoró até Aracati, no Ceará. Nos parece muito claramente, por incrível que pareça, que faltou até o momento, vontade e visão estratégica dos nossos últimos governos, tanto federal quanto estadual, para brigar por esse importantíssimo equipamento de logística intermodal, para ligação com rapidez e segurança à nossa capital Natal e o estado do Ceará . 

Temos defendido, como representante do Conselho Regional de Economia, que mas do que um interesse do Estado, trata-se de um interesse que devia ganhar forças dos próprios demais governadores do Nordeste, pois interessa a toda a nossa região, pela importância para a logística de transportes de cargas, para intensificar o turismo regional crescente e para a nossa economia em geral, por onde passa parte da riquezas e produção entre os Estados, mas notadamente, para SALVAR E PRESERVAR VIDAS. 

Assim, entendemos que  cabe uma ampla mobilização da sociedade Civil, Governos e nossa bancada federal e estadual para lutarem pela duplicação da BR 304 urgente, como uma prioridade do Estado e da nossa Governadora de Fátima Bezerra. Temos dois ministros de Estado e uma bancada atuante de deputados e senadores, inclusive, afirmar que o senador Jean Paul-Prates, colocou  uma emenda na comissão Mista do senador, incluindo no orçamento da união a duplicação da BR 304, assim cabe a nós nos mobilizar para aprovação da referida emenda, como uma prioridade para o nosso Estado, pois é mais do que importante para a nossa economia e o crescente turismo regional, ela é indispensável para “SALVAR E PRESERVAR VIDAS”, 

Por Ricardo Valério Costa Menezes
Presidente do Corecon-RN

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website