Observatório Econômico – Corecon-RN: 700 mil brasileiros em busca de vagas de trabalho em outubro

Ricardo Valério, presidente do Corecon-RN, Faz uma análises dos números divulgados da pesquisa feita pelo Caged-CovidO Cadastro Geral de Empregados e Desempregados que iniciamos o mês de outubro com mais de 700 mil novos brasileiros em busca de uma vaga no mercado de trabalho.

Isto ocorreu em função da flexibilização do isolamento social, assim há novas pessoas procurando por uma colocação, notadamente, agora, no momento que se inicia as contratações temporárias. “Organize seu currículo, se reinvente, busque a sua requalificação e vá em busca de uma dessas vagas que pode se tornar efetiva, dependendo do seu esforço e do seu bom desempenho”,  sugeriu Ricardo Valério.

 

 

Webinário discutirá gestão dos fundos públicos

O Fórum Nacional pela Redução da Desigualdade Social realizará nesta quinta-feira, 15 de outubro, mais um debate do webinário “Função social do Estado”. Na ocasião, o economista Eduardo Fagnani discutirá o tema “Planejamento, gestão dos fundos públicos e organização do sistema nacional (União, Estados, Municípios) de atendimento das necessidades e demandas sociais”. Fagnani é professor do Instituto de Economia da Unicamp, pesquisador do Centro de Estudos Sindicais e do Trabalho (CESIT-IE-UNICAMP) e coordenador da rede Plataforma Política Social (www.plataformapoliticasocial.com). Leia Mais

Outubro Rosa: Invista na prevenção

A campanha Outubro Rosa é difundida em todo o mundo para conscientizar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e tratamento do câncer de mama e do câncer de colo do útero. Teve início em 1997, nos Estados Unidos, e ganhou o mundo como uma forma de conscientização acerca da importância de um diagnóstico precoce – segundo o Instituto Oncoguia, 95% dos casos identificados em estágio inicial têm possibilidade de reversão. Leia Mais

Observatório Econômico – Corecon-RN: 10 milhões de brasileiros passam fome, enquanto o agronegócio bate recordes de exportações

O presidente do Corecon-RN, Ricardo Valério comenta hoje sobre os números recentes divulgados pela FAO – Food and Agriculture Organization of the United Nations, que cuida do mapa da fome em todo o planeta, nos quais revelam dados impressionantemente preocupantes com mais de 700 milhões de pessoas pelo mundo afora que passam fome, e no Brasil os números são igualmente escandalosos na ordem de 10 milhões de brasileiros que têm insuficiência alimentar, isto, durante um dia da semana passam privação de alimento.

Uma vergonha para o Brasil, que é um celeiro de alimento para o mundo todo, batendo recordes de sucessivos na exportações do agronegócio, termos um único barsileiro passando fome. “Mais importante ainda, o reforço que nós temos defendido, que a partir de janeiro seja implantado um programa de renda mínima para que possamos atacar e avançar em cima desses mais vulneráveis”, expressa Ricardo Valério, Presidente do Conselho.

 

Observatório Econômico – Corecon-RN: Segundo DIEESE, Natal-RN tem menor redução de preços

O Presidente do Corecon-RN, Ricardo Valério, comenta sobre os números divulgados pelo DIEESE no qual expõem Natal, como a segunda menor redução de preços realizados durante o mês de setembro, ficando numa variação na ordem de 0,68%, levando a um acúmulo nos últimos nove meses de um pouco mais de 10% e ao longo dos 12 meses na ordem de 20%, número muito elevado.

“Os culpados e vilões foram os aumentos óleo de soja, com mais de 40%, valor absurdo, o leite, feijão, as carnes e seus derivados e ainda estamos no período da entressafra”, afirma Ricardo Valério, Presidente do Conselho. 

 

 

Fiern lança o Mais RN Digital

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte lança, nesta quarta-feira (14/10), o MAIS RN Digital e o Observatório da Indústria. O lançamento será transmitido, ao vivo, às 10h, pelo Microsoft Teams.

Nesta nova edição, o programa busca impulsionar o protagonismo do empresário no processo de desenvolvimento do estado, atuando junto com entes públicos e academia a fim de dar apoio às empresas aqui instaladas, identificar novas oportunidades nas cadeias produtivas existentes, realizar vocações econômicas do estado, além de fortalecer e evitar a saída de empresas do Rio Grande do Norte e atrair novos investimentos. Leia Mais

Observatório Econômico – Corecon-RN: Dia da Criança e Padroeira garantem 85% de ocupação dos hotéis

O Presidente do Corecon-RN, Ricardo Valério, comenta sobre o Dia da Criança e de Nossa Senhora da Apresentação, Padroeira de Natal/RN, que garantiram uma ocupação na rede hoteleira na ordem de 85%, fruto de mais de 18 voos extras, gerando mais de 15 mil passageiros transitando pelo Aeroporto Aluízio Alves. 

Ainda traz outra notícia, desta feita diz sobre o expressivo crescimento entre agosto e setembro do comércio varejista, em relação a 2019. Outro fato bom para o Estado, é que a arrecadação do mês de setembro, obteve um crescimento superior a 15%, representando um injeção de recursos de mais de R$ 74 milhões, que geraram uma arrecadação de R$ 565 milhões, fazendo com que o governo pudesse antecipar o décimo do funcionalismo.     

 

Processo seletivo para economistas

Cargo(s)

Economista (Natal e Grande Natal)

Número de vagas 1
Pré-requisitos

Nível Superior em Economia. Registro no conselho regional da área de atuação. Apresentar experiência profissional comprovada com elaboração de cenários financeiros (nacionais ou estaduais), estruturação de planos orçamentários e estudo da viabilidade econômico-financeiro de projetos institucionais. Ter disponibilidade de horário e para viagens.

https://www.sescrn.com.br/administrativo/processo-seletivo

 

10 perguntas mais frequentes sobre as eleições

1 – Quando serão realizadas as eleições? 

As eleições serão realizadas exclusivamente pela Internet, por meio do website  www.votaeconomista.org.br, mediante senha individual e intransferível, a partir das 8h  (oito horas) do dia 28/10/2020 até às 20h (vinte horas) do dia 30/10/2020, horário de  Brasília.

2 – Posso votar? 

Para exercer o direito ao voto, o profissional deve estar quite com suas obrigações perante  o Conselho Regional de Economia no qual está inscrito. Além disso, o cadastro  profissional deve estar atualizado. Leia Mais