Ricardo Valério, sugere prudência com o décimo terceiro

Em entrevista para a Intertv,  Ricardo Valério, Presidente do Corecon-RN, discorreu sobre a forma equilibrada da destinação do décimo terceiro salários dos trabalhadores, que irão receber este dinheiro extra.

A primeira recomendação que os beneficiados devem destinar parte do décimo para cobrir possíveis dívidas, notadamente, de cartão de crédito e cheque especial, que são os vilões mais vorazes do endividamento de boa parte grande massa dos brasileiros.

“É importante planejar seus limites do que você pode comprar, sempre destinando parte do décimo a uma reserva para as despesas extras de início do ano, como pagamentos de IPTU, IPVA, matrícula e material escolar, etc.”, pontuou  Ricardo Valério.
Feito seu planejamento e balanço do que ficará disponível, o consumidor estará pronto para ir às compras com responsabilidade e muito controle. Lembrando que mais vale o poder da lembrança, do que dar presentes caros que podem gerar prestações altas e capazes de levá-lo a entrar o ano endividado. “Procure comprar e barganhar descontos nas compras à vista, que são muito mais vantajosa”,  indicou o economista Ricardo.
Também explicitando que é importante lembrar, que quem tive suspensão de salário, não vai receber o décimo na sua totalidade e que ainda estamos em tempo de Pandemia, prudência nos gastos é muito importante. Tomados estes cuidados, somente resta desejar boas compras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website