Corecon/RN: “Juntos na torcida pelo Brasil”

                    Ricardo Valério – Presidente do Corecon/RN

O Corecon/RN, sempre preocupado com as causas que realmente importam, as que podem melhorar a vida e, quando se trata de criança essa importância se faz maior e necessária, se torna urgente. Por isso, o Conselho aderiu a campanha Copa do Mundo FIFA de 2018, intitulada #GolDeSorrisos que expõe o slogan “Juntos na torcida pelo Brasil” do Hospital Varela Santiago. Além de comprar algumas camisetas, também vem estimulando os economistas e parceiros a seguirem o mesmo caminho, a se engajarem nesta ação humanitária.

“Em todas as nossas palestras e seminários estamos igualmente divulgando a meritória campanha do Hospital Infantil Varela Santiago, que tão relevantes serviços da mais alta qualidade vem prestando para milhares de pequenos potiguares que necessitam”, asseverou, o economista Ricardo Valério, Presidente do Corecon/RN.

O Hospital, graças a essas corajosas campanhas liderada pelo seu diretor Paulo Varela, teve parte de suas expansões concretizadas, fruto dessas mesmas e bem-sucedidas campanhas, realizadas por ocasiões de cada Copa do Mundo.  Com mesmo espírito, o Corecon/RN, convoca outras instituições e empresas para fazerem parte dessa torcida do bem, uma torcida que pode e vai salvar a vida de vários e futuros economistas. Se cada uma das muitas instituições do RN, se unir em torno dessa nobre ação do Hospital Infantil Varela, os resultados poderiam e serão extraordinariamente mais potencializados.

“Em espacial, solicito aos demais conselhos Profissionais a abraçarem tão nobre causa do combate ao câncer infantil, e assim possamos multiplicar o volume de camisas a serem vendidas, pois a meta do Hospital é ousada, são mais de 50 Mil camisetas a serem vendidas por apenas 25 reais, que podem salva muitas vidas”, disse o Presidente.

O Corecon/RN, tenha a mais cristalina certeza que o objetivo colocado pelo Dr. Paulo Varela será e vai ser atingido. Sua capacidade de mobilização da sociedade potiguar e o empenho de empresas que abarcaram essa grande campanha, em prol das compras de mais novos equipamentos para aumentar a capacidade instalada e as condições de atendimentos para as crianças dos SUS, serão preponderantes para um resultado positivo.

 

 

Hospital Infantil Varela Santiago lança campanha para Copa 2018

O Hospital Infantil Varela Santiago lançou na manhã dessa terça-feira (24) a sua campanha para a Copa do Mundo FIFA de 2018. Esse ano a campanha será intitulada #GolDeSorrisos e trará o slogan “Juntos na torcida pelo Brasil. Unidos no amor pelas crianças”. O objetivo da campanha será a construção de um Núcleo de Alta Complexidade.

De acordo com o diretor superintendente da instituição, dr. Paulo Xavier, o Núcleo de Alta Complexidade será praticamente um hospital novo. “Funcionará tudo ordenado, projetado. Esse é o nosso grande objetivo. Levaremos à população mais serviços, mais qualidade, uma estrutura física mais projetada. Vamos fazer um núcleo de alta complexidade para se fazer cirurgia cardíaca, transplante de medula óssea, implante coclear e funcionar alguns núcleos como o de imagens, inclusive de ressonância”. Leia Mais

O Semiárido potiguar está ficando mais seco

Aldemir Freire – economista

No último domingo(10), o pesquisador da UFRN Marco Túlio de Mendonça Diniz, em uma matéria para o Jornal Tribuna do Norte, revelou que o volume de precipitações em Natal/RN cresceu 25% no último meio século. Utilizando dados do INMET, o pesquisador compara as Normais Climatológicas da capital potiguar do período 1961-1990 com a de 1981-2010 e chega à conclusão de que esse aumento decorreu do avanço da urbanização e se concentrou nos meses de junho a agosto, quando predomina as chuvas ocasionadas pelo denominado “sistema atmosférico das ondas de leste”. Leia Mais

JUROS DA ANTECIPAÇÃO DE RECEITA DOS ROYALTIES SÃO ALTOS

Um alerta aos deputados e aos os gestores públicos, sobre os juros que foram sinalizados pelo líder do Governo Dison Lisboa(PSD), por ocasião da sessão de ontem(13), na ALERN, que aprovou a antecipação de Royalties do Petróleo da ordem de 162 milhões de reais por parte do Governo, são muito aquém do razoável por parte do Banco do Brasil.

O Banco do Brasil, atualmente concede empréstimos de capital de giro da ordem de 1.18% a.m para as empresas, muitas vezes sem as devidas garantias reais, não se justifica emprestar ao Governo do Estado na razão de 1.6% a. m, muito acima da taxa dos créditos destinados  ao comércio, quando a abertura do crédito por antecipação ao Governo do Estado, trata-se de um empréstimo com garantias reais, tendo em vista, que estão com o lastro das receitas mensais dos royalties do petróleo. Leia Mais

Economistas Participam do Curso Perícias Grafotécnicas

Neste final de semana, passado os Economistas Celso Arnaldo de Medeiros e o Gestor de Finanças e Fiscalização do Corecon-RN, Augusto Neto, participaram do Curso de

Perícias Grafotécnica, ministrado pelo instrutor Paulo Sérgio de Salvo, especialista do Conselho Nacional de Peritos Judiciais da República Federativa do Brasil, o curso teve duração de 16 horas aulas.

Fruto das parceiras do Corecon-RN com o Conselho Nacional de Peritos, sendo concedida duas bolsas, que viabilizaram a participação dos nossos economistas, objetivando o aprimoramento em mais um importante segmento na área de Perícias.

Leia Mais

CONSELHO REGIONAL PROMOVE QUALIFICAÇÃO DE ECONOMISTAS

O Corecon-RN com objetivo de promover a atualização de seus Economistas registrados, vem concedendo bolsas e captando parceiras, que já viabilizaram a participação de cerca de 10 economistas em cursos de reciclagem profissional. Essa vem sendo inclusive, umas marcas que o Conselho quer emplacar este ano, em que comemoramos os seus 40 Anos de existência do Corecon no Estado, buscando a constante valorização profissional dos economistas do RN.

O Conselho está empenhado também, de procurar proporcionar essas requalificações aos seus economistas, objetivando que os mesmos possam num futuro próprio, serem multiplicadores dos muitos conhecimentos adquiridos e repassarem o conteúdo dos referidos cursos aos demais colegas.

Assim, deveremos está realizando em setembro de 2018, Curso de Perícias Judiciais, dentro da política do Cofecon de certificação e aperfeiçoamento da nossa categoria.

Dentro da política de captação de bolsas para cursos, via parceiras firmadas pelo Corecon-RN, destacamos entre outros os seguintes cursos já realizados e seus respectivos comtemplados: Leia Mais

DIA DOS NAMORADOS DEVE INJETAR R$ 16,6 BI NA ECONOMIA

Segundo pesquisa do SPC Brasil, o Dia dos Namorados deve gerar vendas da ordem de R$ 15.6 Bilhões, só perdendo por pouco para o Dia das Mães, que injetou em maio deste ano mais de R$ 17 bilhões na economia do país.
Cerca de 93,5 milhões de enamorados vão presentear as suas parceiras e parceiros com presentes no valor médio aproximado de R$ 116,87, valor esse, semelhante ao do ano passado.
Para o presidente do Conselho Regional de Economia do RN- Leia Mais

O IV Congresso de Economia & Gestão

O IV Congresso de Economia & Gestão – CONgest – é uma realização do Departamento de Economia da Faculdade de Ciências Econômicas/UERN, com o objetivo de estimular a
produção científica e o intercâmbio entre economistas, administradores, contadores, gestores ambientais e profissionais de áreas afins interessados em estudar e debater sobre economia, negócios, gestão e políticas públicas.

O IV CONgest será realizado no período de 27 a 31 de agosto de 2018, sendo concomitante realizados os seguintes eventos: VII Semana do Economista; II Semana do Contador; IV Semana da FACEM; III Encontro de iniciação Científica em Contabilidade. Leia Mais

Temer fez opção por manter privilégios

Nesta segunda-feira (4), o Presidente do Corecon/RN, Ricardo Valério, concedeu entrevista à Tv Ponta Negra (SBT), dissecando sobre de onde virão os recursos subsidiados que o Governo Temer utilizará pagar a Petrobras os R$ 0,46 da redução dos preços do Diesel. “Mas uma vez a conta cairá nas costas da população notadamente a mais pobre, pois, se dessa vez o governo não aumentou tributo, ele teve que reduzir verbas de projetos da área social, não poupando a saúde e a Educação, que terão seus serviços, ofertando mais precarizados ainda”, afirmou o Presidente. Leia Mais