Confira como foi a “Semana do Economista 2017”

Atividades, homenagens e ações voltadas aos economistas e à população fizeram parte da “Semana do Economista 2017”

De 07 a 12 de agosto, o Conselho Regional de Economia – CORECON/RN realizou em Natal a “Semana do Economista 2017” com a temática “Redução da Desigualdade Social no Brasil”.

O evento faz parte da proposta do Conselho em valorizar a profissão e o profissional responsável pelo desenvolvimento socioeconômico do país. Para celebrar o ‘Dia do Economista’ (13 de Agosto), o CORECON montou uma programação voltada aos economistas e também à população. Leia Mais

Resultado – XVII Prêmio RN de Economia

Na “Semana do Economista”, realizada de 07 a 12 de agosto, em Natal, o Conselho Regional de Economia – CORECON/RN divulga relação dos vencedores do “XVII Prêmio RN de Economia 2017”. O concurso, promovido em parceria com o Conselho Federal de Economia – COFECON dá recompensas em dinheiro aos três melhores trabalhos monográficos, em nível de graduação.

A solenidade de entrega dos prêmios acontece nesta quinta-feira (10), na Assembleia Legislativa, a partir das 9h junto com as demais homenagens previstas para a “Semana do Economista”. Os três primeiros lugares receberão, respectivamente, R$ 2 mil, R$ 1 mil e R$ 500 reais. Leia Mais

Semana do Economista acontece de 07 a 12 de agosto em Natal-RN

Em homenagem aos profissionais de Ciências Econômicas, celebrado Dia 13 de Agosto, o Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte – CORECON/RN realiza de 07 a 12 de agosto a “Semana do Economista 2017” na capital potiguar, com temática ‘Redução da Desigualdade Social no Brasil’. A comemoração se estende aos Campus de Assú, Mossoró e Pau dos Ferros com palestras e congressos.

O evento faz parte da proposta do CORECON/RN em valorizar a profissão e o profissional responsável pelo desenvolvimento socioeconômico do Brasil. Para comemorar a data, o Conselho montou uma programação voltada aos economistas e também à população. Leia Mais

Artigo – Aumento de imposto é a solução?

Artigo

Por Ricardo Valério Costa Menezes

(Presidente CORECON/RN)

Aumento de imposto é a solução?

População menos privilegiada é quem paga a conta

Aumentar impostos sobre combustíveis no momento em que a economia iniciava discretos sinais de retomada do crescimento e com a inflação em queda se dá  muito mais pela forte recessão do que pelos acertos na condução da política econômica. É algo totalmente condenável. O nefasto aumento dos tributos e os contingenciamentos de recursos anunciados de R$ 5,9 milhões e que já acumulam R$ 44,9 milhões pode afetar o desempenho da economia como um todo, além de piorar a qualidade dos serviços públicos (entre eles, a saúde, a educação e a segurança).

Os impactos dos R$ 0,41 e R$ 0,21 sobre a gasolina e o diesel, respectivamente, irão repercutir fortemente no repasse dos preços sobre os transportes particulares e de cargas. E no nosso país, mais de 80% dos produtos que chegam às mesas das famílias brasileiras são através do transporte rodoviário. Ou seja, vai refletir nos demais setores.

 

Foto: Elpídio Júnior

Leia Mais

Artigo: O setor terciário no município de Pedro Velho/RN

 

Por: Osmar Faustino de Oliveira
(Economista graduado pela UFRN
Mestrando em Desenvolvimento Urbano – UFPE)

osmarfaustino@yahoo.com.br

O Produto Interno Bruto da economia, está concentrado no setor de serviços. O município de Pedro Velho possui um forte agrupamento neste setor. O município conta com um forte apoio da prefeitura municipal, pois emprega grande parte da população. A cidade também conta com um forte empregador de mão-de-obra, que são os pequenos comércios e supermercados. O município conta dez estabelecimentos. O setor terciário mostra crescente relevância na economia brasileira, ao evoluir junto com o aumento da renda e o desenvolvimento econômico e social verificados nos últimos anos, bem como ao constituir setor fundamental de expansão das atividades empresariais. A evolução do PIB brasileiro tem sido influenciada significativamente pelo setor terciário.

Confira artigo na íntegra: O setor terciário no município de Pedro Velho

Professor de economia da UERN tem artigo publicado no periódico indiano “Review of Agrarian Studies”

O professor Joacir Rufino de Aquino, do Curso de Economia da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte – UERN/Campus de Assú e Delegado do Conselho Regional de Economia- CORECON/RN, é um dos autores do artigo “Recent Social Policies and Rural Development in Brazil: The Family Allowance Programme in Rural Areas”, publicado na edição do primeiro semestre da “Review of Agrarian Studies”.

Leia Mais

“XVII Prêmio RN de Economia – 2017” tem número record de inscrições

As inscrições para o “XVII Prêmio RN de Economia – 2017” foram encerradas nessa segunda-feira (10) e com registro de número record de participantes, desde a sua implementação há 17 anos. Ao todo, o Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte – CORECON/RN recebeu 12 trabalhos com nível de excelência para concorrer a premiação do Concurso de Monografia que oferece um total de R$ 3.500 reais. Serão concedidos aos três melhores trabalhos em valores brutos: 1º Lugar R$ 2.000,00 ; 2º Lugar R$ 1.000,00  e 3º Lugar R$ 500,00.

Projeto de Lei do Senado nº 658 – “Lei do Economista”

Projeto de Lei do Senado nº 658, de 2007

“Lei do Economista”

Um acordo realizado recentemente entre o Conselho Federal de Economia – COFECON e o Conselho Federal de Administração – CFA permite o encaminhamento do Projeto de Lei do Senado nº 658 que atualiza a “Lei do Economista’.

Sendo ela aprovada, dentre algumas de suas atualizações estão: disciplinar o exercício profissional em termos modernos e atuais e criar obrigações de mercado em relação a presença dos economistas nas entidades públicas. Ou seja, cada Prefeitura, terá que ter um profissional de economia responsável pela elaboração do orçamento plurianual do município, como também o Estado. Leia Mais

Delegado do CORECON/RN em Assú profere palestra no “II Fórum Social e Sustentável do Vale do Açu”

O “II Fórum Social e Sustentável do Vale do Açu”, que aconteceu na última sexta-feira (23), no auditório do Campus da Universidade Estadual  (UERN) em Assú – RN, teve como palestrante o economista e Delegado do Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte – CORECON/RN, Joacir Rufino de Aquino, abordando ‘Evolução e Desafios da Agropecuária do Vale do Açu’.

Leia Mais

Artigo: Incertezas políticas não asseguram retomadas do crescimento econômico

Embora o crescimento do PIB em 1% seja uma notícia alentadora para a economia nacional no primeiro trimestre 2017, após 8 semestres sucessivos de perdas, ainda assim, diante do cenário de absoluta incerteza de nossa política a partir das delações dos irmãos da JBS, desestabilizando o Governo do Presidente Michel Temer, os economistas recomendam muita cautela, para não sairmos assegurando com convicção  que conquistamos o fim da recessão que derrete a economia brasileira há 2 anos.   Leia Mais