Corecon-RN-Observatório Covid-19: Crédito para pequena e média empresa com linhas específicas

O Presidente do Corecon-RN, Ricardo Valério, fala sobre o crédito liberado pelo Governo Federal estimado na ordem de R$ 1 trilhão, o qual sempre foi um crítico, por causa do seu resultado pífio para pequena e média empresa, pelo nível de exigibilidade dos bancos, os quais poucos concretizam e concluem os formulários protocolares burocráticos para obtenção dos recursos.

O Governo anunciou, através do Ministro Paulo Guedes, que agora o crédito vai fluir com linha específicas para pequenas e médias empresas tomando como base a receita líquida de 2019, com prazo de 36 meses, com carência de 8 meses e juros da taxa Selic mais 1,25%.

Por mais ruim que pareça estar as coisas no mundo, haverá sempre algo positivo a ser visto

Muitas vezes em nossas vidas, temos quase tudo disponíveis em nosso dia a dia, enquanto muitos não tem nada em todos os dias. Quanto de nós temos o que vestir, uma casa para nós abrigar e a dispensa cheia para saciar nossa fome, enquanto muitos vivem ao relento e nem sempre comem todos os dias.

Assim, lembre-se de valorizar o muito que você tem, pois o amigo está entre os 25% privilegiados do mundo, nesta condição no momento. E veja: que agora no Brasil, descobrimos que temos quase 1/3 de população, cerca de 80 milhões de vulneráveis dependentes do auxílio emergencial e você possivelmente não é um deles. Leia Mais

Isolamento social não é prisão e, sim uma proteção de vida.

Como a Covid-19 não veio com manual de procedimentos, e o manejo e controle do vírus ainda é desconhecido para todos, a necessária flexibilização do Isolamento social, que a entidades empresariais vêm solicitando do Governo do Estado, deve começar possivelmente a partir do início de Maio, considerando que o varejo e os setores de serviços, alegam prejuízos econômicos expressivos. Leia Mais

Corecon-RN-Observatório Covid-19: Em janeiro 47 municípios e em março 22, tiveram o FPM zerado.

Ainda relativo a entrevista, do Presidente do Coreco-RN, Ricardo Valério, concedida a Intertv/Globo, ressaltando as consequências da queda do FPM, trazendo riscos de atrasos de salários e pagamentos dos fornecedores dos municípios. 

Ricardo, chama atenção sobre o FPM, que representa mais de 90% das receitas da maioria dos municípios do RN, e somente com a compensação financeira sinalizada pelo Governo Federal, podem trazer um reequilíbrio para as finanças do municípios e também dos Estados, notadamente na regiões Norte e Nordeste.

Análise da eficiência do uso da água na fruticultura irrigada do Vale do Açu no Rio Grande do Norte

Rosival Gomes de Brito, Zezineto Mendes de Oliveira, Joacir Rufino de Aquino

Resumo: O objetivo deste artigo é analisar a eficiência do uso da água na fruticultura irrigada do Vale do Açu/RN durante a grande seca que atingiu a microrregião no período de 2012-2015, em específico o caso dos produtores de manga e banana. Para tanto, foram usadas as técnicas de Data Envelopment Analysis (DEA), visando calcular os níveis de eficiência técnica e a eficiência de subvetor para medir a eficiência do uso da água. Leia Mais

CORECON-RN – OBSERVATÓRIO COVID-19: Quase nada para construção civil

O Presidente Corecon-RN, Ricardo Valério, ressalta que embora o valor de 700 bilhões anunciados pela ministro Paulo Guedes de cerca de 7% do PIB seja expressivos, diante das necessidades da pandemia, ainda demanda ações de incentivo na área da construção civil, importante setor indutor de crescimento econômico e na geração de empregos, notadamente para a mão de obra menos qualificadas e vulneráveis da população brasileira.