Semana do Economista 2018

O Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte, ao realizar a “Semana do Economista 2018”, dos seus 40 anos, que de fato, merece todas as comemorações e momento festivo, e assim será. Mas, a equipe que idealizou toda programação, que se inicia no Dia do Economista, dia 13, se estendendo até 17 de agosto de 2018, capitaneado pelo economista Ricardo Valério, Presidente do CORECON/RN, Leia Mais

ECONOMISTAS TÊM PARTICIPAÇÕES DESTACADAS NO CONGRESSO DE GESTÃO PÚBLICA DO RN.

Na tarde desta quinta-feira (02) resultante de uma parceria firmada entre o Conselho Regional de Economia com a organização do Evento atrás da Escola de Governo, os economistas ministraram palestras na temática da Economia comportamental no Congresso de Gestão Publica do RN. Os Economistas e palestrantes Hélder Cavalcanti e o professor e Secretário de planejamento e finanças da prefeitura de Parnamirim, Geovani Júnior, com a moderação do Presidente do Corecon-RN, Ricardo Valério Menezes, foram os grandes oradores para um auditório totalmente lotado, atento e participativo. Tendo inclusive que barrae a entrada de novos participantes. Leia Mais

PARCEIRAS DO CORECON/RN LEVAM ECONOMISTAS A EVENTOS COM O GOVERNO DO ESTADO E O CERNE

Dentro das muitas parcerias firmadas pelo Corecon/RN em comemoração aos 40 Anos de relevantes serviços prestados pelo quarentão Conselho, esta semana, já também iniciado o mês em que tradicionalmente os Economistas celebram a Semana do Economista, o Corecon/RN, convida toda categoria para participar na próxima quarta-feira(1) e quinta-feira(2) de dois grandiosos eventos a serem realizados em nossa capital. Leia Mais

SEMANA DO ECONOMISTA TERÁ PALESTRA DE TÂNIA BACELAR

A semana do Economista que ocorrerá este ano paralelamente com as comemorações dos 40 anos de existência do CORECON-RN, terá como pontos relevantes entre outros, a inauguração das reformas da sede do Conselho no dia 13 de agosto, emblematicamente no próprio Dia do Economistas e o Seminário na UFRN, com a presença da renomada economista, socióloga e professora Dr. Tânia Barcelar. Leia Mais

NOTA DO COFECON

TAXA BÁSICA DE JUROS – CONDIÇÕES PARA MANTÊ-LA EM NÍVEIS ADEQUADOS

A manutenção das taxas básicas de juros, oscilando em torno dos níveis em que se encontram nos últimos doze meses, mesmo com a economia mais aquecida, é o mais importante desafio para o Banco Central. O Brasil vinha mantendo por décadas, até meados de 2017, taxas de juros entre as mais elevadas do mundo. Quanto mais altas essas taxas sobre os títulos do governo, enquanto avaliados como sem risco significativo, maiores são os seguintes efeitos perniciosos: Leia Mais