CORECON/RN realiza palestras e oficinas clínicas para evitar endividamento

Detran e TJRN recebem economistas nesta semana para ‘Programa  de Educação Financeira’

 O Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte – CORECON/RN, preocupado com o resultado da pesquisa divulgada pela Fecomércio de São Paulo (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), que aponta a capital do Rio Grande do Norte como a quinta com maior número proporcional de famílias endividadas do país, onde 75% dos natalenses apresentam algum tipo de dívida, resolve intensificar e antecipar o “Programa de Educação Financeira”, destinado à população.

Abrindo o ciclo de palestras, já para esta quarta-feira (18) está agendada a primeira, que acontece no Detran/RN, e na sexta-feira (20), é a vez do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), proposto aos magistrados e funcionários, com o economista e presidente do CORECON/RN, Ricardo Valério e o economista e consultor empresarial de finanças pessoais, Hélder Cavalcanti Vieira. “Esse momento no TJRN é bem emblemático pelo fato de, muitas dívidas, serem ajuizadas e resolvidas somente no Tribunal”, comenta o consultor.

As primeiras palestras serão com os órgãos públicos para que haja integração com os setores a fim de executar o Programa, entre eles, a Assembleia Legislativa (ALRN), Câmara Municipal do Natal (CMA), TJRN, TCE, Governo do Estado, Sebrae, Banco do Brasil, Empresas Júnior das Universidades, Sindicato dos Economistas (SINDECON/RN), entre outros parceiros, no intuito de realizar também ‘Palestras de Educação Orçamentária e Oficinas Econômicas’ voltadas à sociedade. Leia Mais