CORECON e CERNE se unem para auxiliar nas ideias de gestão ao Executivo do RN

Pensando em soluções para combater a desigualdade social, gerar crescimento econômico justo e preservar os recursos naturais em prol de um desenvolvimento sustentável, requer planejamento. E quando duas entidades analisam de forma semelhante, gera parceria. O conceito do Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte – CORECON/RN e do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia – CERNE são afins e, com isso, se unem para detalhar ideias, projetos e ações viáveis no intuito de sugerir aos candidatos do Poder Executivo norte-riograndense, agora em 2018.

Os respectivos presidentes Ricardo Valério (Corecon) e Jean-Paul Prates (Cerne) assinaram acordo de colaboração no dia 27 de abril durante o II Ciclo de Debates Econômicos, do Grupo de Estudos e Pesquisas em Espaço, Trabalho, Inovação e Sustentabilidade – GEPETIS, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN. Segundo o documento, um conselho diretor será formado para que a cooperação atue em análises do contexto estadual e na elaboração de ações, projetos e debates relacionados com o futuro socioeconômico do RN. Leia Mais

Turma de Ciências Econômicas da UFRN realiza colação de grau e pode receber prêmios em Concurso

O curso de Ciências Econômicas da UFRN formou mais uma turma na última sexta-feira (3) e o presidente do Conselho Regional de Economia – CORECON/RN, Ricardo Valério, esteve presente na Colação de Grau dos novos economistas do Estado que escolheram como paraninfa a professora Valdênia Apolinário.

A turma, com 16 formandos, receberá do Conselho a bonificação da primeira anuidade do registro profissional provisório. Poderão também participar do Concurso Prêmio RN de Economia que, neste ano, pagará em torno de 4 mil reais aos vencedores das melhores monografias inscritas. No entanto, para bonificação e participação no concurso, o formando precisa estar registrado no Conselho.

Leia Mais

“Semana do Economista” acontece em Natal até sexta-feira

Palestras, homenagens e ações voltadas à população estão na programação

Desenvolvimento socioeconômico do Brasil, crise e responsabilidade são apenas algumas características que remetem ao profissional de Economia que, nestes dias, comemoram a Semana do Economista 2016 através de palestras e ações voltadas à população. Na noite da segunda-feira (8) “A questão do Federalismo no Brasil” foi discutida pelo professor Dr. Francisco Lopreato (UNICAMP), especialista em Política Fiscal. O evento segue até sexta-feira (12) com tema “A encruzilhada da Economia Brasileira: Crise e Perspectivas”.

Semana do Economista 2016_ Segunda 8 (5)

Foto: cedida

Leia Mais