Evento de economia chega ao último dia de atividades na capital potiguar

Simpósio reuniu mais de 300 pessoas e promoveu palestras, painéis, grupos de trabalho e competições

Com ações e espaços voltados para estudantes e profissionais da área de economia, o XXV Simpósio Nacional dos Conselhos de Economia – SINCE, dando continuidade à programação, realizou na sexta-feira (02), no Praiamar Natal Hotel & Convention, o painel “Mulher Economista”, a final da Gincana Nacional de Economia e a conclusão dos Grupos de Trabalhos.

O SINCE, evento promovido pelo Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte – Corecon/RN em parceria com o Conselho Federal de Economia –  Cofecon, desembarcou na capital potiguar desde o último dia 31 com o tema central “Desafios da Economia Brasileira”. Na cerimônia de abertura, mais de 300 pessoas.

Nessa sexta, a expectativa para a finalização da Gincana, iniciada ontem, 1º de setembro, era grande. No total, 30 duplas formadas por universitários de todos os estados brasileiros concorriam entre si em uma competição virtual. O jogo encerrou a sua 6ª edição e premiou as três melhores duplas com cheques de R$ 3,6 mil; R$ 2,4 mil e R$ 1,2 mil. Entre os vencedores estão: 1º lugar – Bruno Toshio Ogava e Pedro Lima da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE; 2º lugar – Juan Lucas e Luann Felipe da Universidade do Estado do Amazonas – UEA; 3º lugar – Renan Costa e Juliana dos Anjos da Universidade Federal do ABC e em 4º lugar – Leonardo de Castro e Felipe Costa da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.

1º lugar – Bruno Toshio Ogava e Pedro Lima da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE

2º lugar – Juan Lucas e Luann Felipe da Universidade do Estado do Amazonas – UEA

3º lugar – Renan Costa e Juliana dos Anjos da Universidade Federal do ABC

4º lugar – Leonardo de Castro e Felipe Costa da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ

 

Pela primeira vez em Natal, o evento também trouxe um painel de discussão inédito sobre “A Mulher Economista no Mercado de Trabalho e nas Entidades Profissionais”. Com mesa formada por sete economistas mulheres representando todas as regiões brasileiras estiveram as conselheiras Bianca Lopes (CORECON-RO), como coordenadora, Celina Ramalho (CORECON-SP), Denise Kassama (CORECON-AM), Fabíola Andréa, (CORECON-RN) e as presidentes Simone Magalhães (CORECON-RS), Maria Cristina Araújo (CORECON-DF) e Ana Cláudia Arruda (CORECON-PE).

Dentre os destaques da mesa, a conselheira Bianca Lopes expôs, em números, a participação da mulher no mercado econômico que registra 74,01% dos homens no mercado, enquanto apenas 25,99% são mulheres. Já por região, o Norte é onde tem maior número de mulheres na economia, seguido do Nordeste, Centro-Oeste, Sul e, por último, o Sudeste. “Embora a participação da mulher seja ainda reduzida, tivemos sete delas premiadas no Prêmio Brasil de Economia deste ano, de um total de 15 participantes”, comenta Bianca Lopes.

Ao final do painel, foi aberta sessão para perguntas e opiniões. “Temos que quebrar paradigmas e colocar a mulher à frente da sociedade. Não podemos tratar como problema isolado da mulher, isso precisa se estender a todos”. Acrescenta a economista Terezinha Ferreira presente no debate.

Na plateia, além de conselheiros, delegados e estudantes, estavam os presidentes Júlio Miragaya, do COFECON e Ricardo Valério, CORECON-RN. “Discutir o espaço da mulher é de extrema importância para todos nós, em qualquer profissão que seja e o SINCE foi uma ótima oportunidade, como porta de entrada desta discussão, já que tivemos nossas expectativas superadas em número de participantes em todo o evento. Foi uma honra receber esses representantes dos estados brasileiros na nossa linda e hospitaleira cidade do sol para discutir e propor novos rumos em prol do atual cenário econômico do país”, comentou o presidente, Ricardo Valério.

Para finalizar, houve a entrega do Prêmio Personalidade Econômica de 2015 – que reconhece os economistas que contribuíram para o desenvolvimento da Ciência Econômica e da profissão – o qual foi dado ao Diretor Executivo do Banco Mundial, Otaviano Canuto. E, logo após, a confraternização de encerramento do XXV SINCE e da Gincana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website