Plenário do Cofecon discutiu políticas de desenvolvimento para o Brasil

Conselheiros federais e presidentes dos Conselhos Regionais de Economia participaram da 702ª Sessão Plenária Ampliada do Cofecon nos dias 21 a 23 de janeiro de 2021. Em razão da pandemia do novo coronavírus, a reunião ocorreu em ambiente virtual, pela plataforma Zoom.

A abertura da reunião foi marcada pelo debate de conjuntura sobre “Políticas de Desenvolvimento para o Brasil”, no dia 21 de janeiro. Os professores de Economia Paulo Gala e Elias Jabbour participaram como expositores, com apresentação do presidente da autarquia, Antonio Corrêa de Lacerda, e mediação do conselheiro coordenador da Comissão de Política Econômica do Cofecon, Fernando de Aquino. A discussão foi transmitida no canal do Cofecon no Youtube – Clique aqui para acessá-la.

Durante a manhã do dia 22, os presidentes dos Corecons apresentaram demandas para serem discutidas com os conselheiros federais. Os assuntos pautados tratavam de Projetos de lei relativos à isenção de anuidades e funcionamento dos Conselhos de Fiscalização Profissional; Efeitos da pandemia de Covid-19 e Recuperação de Créditos do Sistema Cofecon/Corecons; Projetos de captação e retenção de inscritos e de valorização profissional; Fiscalização Profissional; Realização de Concurso Público para o Sistema Cofecon/Corecons; Prestação de Contas dos Corecons aos Cofecon; Eleições do Sistema Cofecon/Corecons; Agenda de trabalhos 2021 sobre a temática mulher economista; e Relato das Comissões de Trabalho do Cofecon.

Na tarde do dia 22 e na manhã do dia 23, a pauta foi exclusiva dos conselheiros federais. O plenário discutiu o programa de trabalho para este ano, com a definição de coordenadores e membros das comissões permanentes e grupos de trabalho. Houve também a aprovação do calendário de reuniões e eventos, bem como do regulamento do VI Desafio Quero Ser Economista, competição voltada a estudantes de Ensino Médio com o intuito de despertar o interesse pela Economia. Foi apresentada a minuta do Relatório de Gestão 2020 que poderá receber acréscimos dos conselheiros federais antes da sua apresentação na versão final.

Os conselheiros avaliaram a proposta de parceria de intercâmbio institucional com o Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa – IREE e, por fim, aprovaram a Nota oficial do Cofecon sobre “Políticas de desenvolvimento pelo Brasil” – clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website