Cofecon apresenta edição 40 da Revista Economistas

O Conselho Federal de Economia apresenta a edição número 40 da revista Economistas, que tem como tema a economia pós-pandemia. Nela, diversos profissionais discutem as transformações causadas pela crise, tanto na adaptação ao isolamento social requerido para conter o avanço da transmissão quanto pelas perdas causadas e até mesmo pela necessidade de recuperar o planeta diante de uma prática econômica bastante poluente.

“O teletrabalho, com seus prós e contras, é uma realidade. Muitos restaurantes e lojas fecharam, enquanto as compras on-line e os aplicativos de entrega de refeições tiveram um crescimento expressivo. As escolas precisaram se reinventar, com um sistema que integra aulas on-line e presenciais. O turismo foi um dos primeiros setores a sentir os impactos da crise e será um dos últimos a se recuperar. E o mercado começa a dar mais atenção às empresas com práticas ambientais, sociais e de governança corporativa (na sigla em inglês, ESG)”, expressou o presidente do Cofecon, Antonio Corrêa de Lacerda, no editorial.

Vários destes temas estão discutidos nos artigos publicados nesta edição. Os economistas Rodrigo Mariano, Roberto Padovani e José Luiz Pagnussat, este último um ex-presidente do Cofecon, analisam o futuro da economia. As economistas Cristina Fróes e Renata Machado falam sobre o impacto nas cadeias de valor e a transição energética, respectivamente. Os economistas Marcus Eduardo de Oliveira e José Henrique Paim discutem, respectivamente, as questões ambientais e os impactos da economia na educação. E, no contexto dos 70 anos da regulamentação da profissão de Economista, Carlos Roberto de Castro (outro ex-presidente do Cofecon) e Fernando Nogueira da Costa discutem questões relacionadas à profissão. Além disso, uma entrevista com Fernando Ferrari Filho fala sobre a importância de seu pai, o deputado Fernando Ferrari, figura importante no trâmite do projeto de lei que resultou na regulamentação da profissão.

Formato digital

A partir desta edição, o Cofecon usa um novo formato para a exibição da revista em ambiente digital. A ferramenta possibilita o uso de links interativos, bem como a exibição de vídeos dentro da revista. Além disso, ela pode ser enviada facilmente por e-mail. Para acessar à revista, clique AQUI.

O coordenador da Comissão de Comunicação do Cofecon, conselheiro Waldir Pereira Gomes, falou sobre a edição e o novo formato. “Em função da própria qualidade dos articulistas e dos temas modernos, tratando da economia real, esta revista é uma contribuição do Sistema Cofecon/Corecons à sociedade”, comenta Waldir. “Nessa fase atípica da pandemia, quando os recursos digitais são cada vez mais utilizados, esse novo formato vai trazer mais facilidade”.

Waldir também aproveitou para fazer uma ponte entre o conteúdo da revista e o Congresso Brasileiro de Economia, que será realizado de 8 a 10 de setembro, também em formato digital. “Nosso Congresso tem como tema as perspectivas da economia pós-pandemia e, de certa forma, vai estabelecer parâmetros para a tomada de decisões e nortear toda a sociedade em relação ao comportamento da economia brasileira após esta crise”, considera o conselheiro. “Os artigos estão apontando nesta direção, teremos aproximadamente cem palestrantes num ambiente virtual, com renomados economistas”.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O FORMATO DIGITAL

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website