Mais de 90% das famílias potiguares têm endividamento.

 

O economista Conselheiro do Corecon-RN, Ricardo Valério concedeu entrevista ao Jornal da Tropical – Tv Tropical afilada da Rede Record – fazendo uma analise da pesquisa CNC/Fecomércio onde revela que quase 240 mil Potiguares estão com dívidas de naturezas diversas, aumentando de forma expressiva o endividamento das famílias brasileiras e dos potiguares.

“A falta de educação e planejamento financeiro, excesso de consumismo, os efeitos da pandemia, o desemprego e os baixos salários, são os maiores vilões do endividamento das famílias brasileiras”, ponderou Ricardo.

 

Explicitado um quadro não muito otimista, o economista disse: “A situação tende a se agravar face o aumento da inflação e aumento dos juros, notadamente os do chegue especial e cartões de crédito verdadeiras agiotagem oficiais.

Ainda bem, que embora tardiamente o Governo incluiu noções de Educação Financeira na grade curricular do ensino nas escolas. Enquanto na Europa e Estados Unidos desde do ensino fundamental os alunos já lidam com a cultura da gestão financeira e da poupança, a maioria dos brasileiros são consumista e não fazem Planejamento”.

Compartilhe esta notícia

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content