FACEM recepciona estudantes com café da manhã e apresenta a empresa júnior Lastro

Estudantes e servidores da Faculdade de Ciências Econômicas (Facem) foram recepcionados nesta segunda-feira, 14 de março, com um café da manhã de boas-vindas ao retorno das aulas presenciais. O momento marcou também a apresentação da Lastro Consultoria e Investimentos, empresa júnior fundada pelos estudantes de Ciências Econômicas da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern).

O diretor da Facem, prof. Leovigildo Cavalcanti, deu as boas-vindas aos estudantes e apresentou os chefes de Departamento. Na ocasião, a professora Elizabeth Veiga foi homenageada com um quadro no mural de ex-diretores. Emocionada, a professora falou sobre a alegria desse reencontro com alunos e professores. “A Uern acaba sendo uma instituição que a gente estende muitos laços. Foi muito difícil ficar distante na pandemia”, afirmou Elizabeth.

Representando a reitora Cicília Maia, o subchefe de Gabinete, prof. Jandeson Dantas, ressaltou todo o trabalho da Universidade para possibilitar o retorno seguro das atividades presenciais. “Temos 98% de nossos estudantes imunizados e mais de 99% dos servidores também imunizados. Continuamos firmes seguindo os protocolos sanitários. Sejam todos bem-vindos e bem-vindas”, afirmou Jandeson.

O estudante Arthur Neo, diretor da Lastro, falou sobre a empresa que surgiu em setembro de 2021 e foi registrada em janeiro de 2022. O foco da empresa é fomentar a vivência empreendedora no âmbito acadêmico, aplicando os conhecimentos adquiridos em prol do desenvolvimento socioeconômico da região.

“No Brasil, infelizmente, a cada dez empresas abertas, oito fecham as portas em cinco anos. Muita gente busca o empreendedorismo como uma única alternativa e, sem muito conhecimento, acabam se frustrando e adquirindo dívidas, então a gente vai auxiliar esse empreendedor para que ele não corra mais esse risco”, explicou Arthur, comentando que o contato com a empresa pode ser feito pelas redes sociais (@lastro.ej) ou no escritório. A professora Genivalda Cordeiro é tutora da empresa.

Leovigildo Cavalcanti, diretor da Facem, ressalta que por meio da empresa júnior os estudantes podem aplicar na prática o que aprenderam na teoria, bem como entrar em contato com o mercado de trabalho. “No momento que eles tiverem contato com essas empresas, passam a mostrar o potencial deles. Temos uma empresa júnior de economia ambiental que já atua há dois anos, ambas serão integradas no sentido de dar ferramentas aos alunos da faculdade”, finalizou Leovigildo.

Compartilhe esta notícia

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content