O economista Emanoel Nunes fala do impacto e até onde a alta de preços podem atingir

Na última quarta-feira,17, o economista e professor da UERN, Emanoel Marcio Nunes, concedeu entrevista à repórter Thaysa Nunes para o jornal TCM Notícias da TCM Cabo Mossoró, na qual comentou os preços dos alimentos e da gasolina que pressionam a cesta básica, obrigando os consumidores a mudar os hábitos, e ainda servindo de mola para o aumento da inflação.

Nos últimos dose meses, isto é, de fevereiro de 2021 a fevereiro de 2022 alguns produtos alimentícios subiram acima da casa dos 50%: cenoura 83,42%, café moído 61,19% e o mamão 57,24%, somando-se o preço do óleo diesel que teve majoração de 40,54%, que é o combustível prioritariamente usado pelo setor do transporte de carga, também operou, forçando valores dos preços dos alimentos para cima.

O economista Emanoel Nunes, explicitou como a alta da inflação e da gasolina estão impactando de forma diretamente o bolso do consumidor final, até onde esses preços podem chegar e suas consequências para a economia doméstica.

Compartilhe esta notícia

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content