Artigo – Vagas para economistas disponível na Austrália do Sul

A profissão do economista é uma das mais abrangentes que existem, contudo, para os profissionais que se graduaram fora dos grandes centros, como São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, e que não querem seguir a carreira acadêmica nas instituições de ensino em que se formaram é muito difícil conseguir exercer a profissão de economista no quase sempre diminuto mercado de trabalho local.

O mercado de trabalho local sempre molda os cursos de graduação da sua região de modo a formar profissionais com o perfil adequado para atender a demanda local. Nos grandes centros, são as instituições financeiras, as empresas de consultoria e os órgãos da administração pública que fazem esse papel e absorvem posteriormente essa mão de obra qualificada. É lá também que estão as melhores oportunidades de estágio e trainee para o economista. Fora dos grandes centros, o profissional economista geralmente acaba atuando em áreas correlatas a sua, mas não propriamente na atividade de sua formação.

Leia Mais

Câmara homenageia profissionais na Semana do Economista

Sessão Solene pelo Dia do Economista foi realizada na Câmara Municipal de Natal, na quarta-feira (10), por proposição do vereador Raniere Barbosa.  O evento destacou a atuação do Conselho Regional de Economia – Corecon-RN e agraciou três economistas com a comenda de “Mérito Economista”. Dentro da solenidade aconteceu também a entrega dos prêmios aos ganhadores do XVI Prêmio RN de Economia / 2016, instituído pelo Conselho Federal de Economia – COFECON e Conselhos Regionais de Economia – CORECON’S.

Leia Mais

Segunda noite – Semana do Economista

Na noite da terça-feira (09), conselheiros, economistas e estudantes participaram da palestra “As mudanças recentes na agricultura e nas Políticas Públicas para o meio Rural do Rio Grande Norte”, no auditório NEPSA I, ministrada pelos professores, Dr. João Matos Filho (DEPEC/UFRN), Prof. Dr. Thales Augusto Medeiros (DEPEC/UFRN) e o mediador José Mairton Figueiredo (SEMARH-RN). Esse e outros temas como: economia, crise, federalismo, educação financeira e perspectivas fazem parte da programação especial da “Semana do Economista” que é realizada em Natal até sexta-feira (12) através do Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte (CORECON-RN).

Leia Mais

“Semana do Economista” acontece em Natal até sexta-feira

Palestras, homenagens e ações voltadas à população estão na programação

Desenvolvimento socioeconômico do Brasil, crise e responsabilidade são apenas algumas características que remetem ao profissional de Economia que, nestes dias, comemoram a Semana do Economista 2016 através de palestras e ações voltadas à população. Na noite da segunda-feira (8) “A questão do Federalismo no Brasil” foi discutida pelo professor Dr. Francisco Lopreato (UNICAMP), especialista em Política Fiscal. O evento segue até sexta-feira (12) com tema “A encruzilhada da Economia Brasileira: Crise e Perspectivas”.

Semana do Economista 2016_ Segunda 8 (5)

Foto: cedida

Leia Mais

CORECON-RN programa palestras e ações em comemoração ao Dia do Economista

Para valorizar a profissão de economista e àqueles que fazem dela a sua responsabilidade em prol do desenvolvimento socioeconômico do Brasil, o Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte (CORECON-RN) em parceria com a ADURN (Associação dos Docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte) – SINDICATO, com o Departamento de Economia – CCSA/UFRN e o Sindicato dos Economistas do Rio Grande do Norte (SINDECON-RN) promovem de 8 a 12 de agosto, em Natal, a Semana do Economista 2016, com tema: “A encruzilhada da Economia Brasileira: Crise e Perspectivas”, alusiva à comemoração ao Dia do Economista, 13 de Agosto, e segue para o interior do Estado até o dia 26 com diversos temas.

Leia Mais

COMUNICADO

PUBLICAÇÃO DO EDITAL ELEIÇÃO 2016

Comunicamos que foi publicado no Diário Oficial do Estado e Jornal Tribuna do Norte, o Edital de Convocação de Eleições do CORECON-RN. A eleição prevê a renovação de um terço dos Conselheiros Efetivos e Suplentes de seu Plenário e, também, do Delegado-Eleitor Efetivo e Suplente. O Edital completo encontra-se no site www.corecon-rn.org.br e fixado na sede do Conselho, situada na Rua Princesa Isabel, 815, Cidade Alta, Natal/RN.

Leia Mais

“Desafios da Economia Brasileira”- SINCE acontece em Natal próximo mês

Evento reúne economistas de todo país 

Atual e instigante, o XXV Simpósio Nacional dos Conselhos de Economia – SINCE, que acontece este ano em Natal, de 31 de agosto a 3 de setembro para receber economistas de todo Brasil traz, como tema principal para as discussões que permearão as mesas, a temática que vem causando mudanças no país, com a palestra “Desafios da Economia Brasileira: Previdência e Assistência Social como instrumento para a redução da desigualdade no Brasil”, ministrada por Milko Matijascic, técnico em Planejamento e Pesquisa no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).

O primeiro dia (31/08) do Simpósio, com início às 19h, será marcado pela solenidade de abertura, tendo presença dos presidentes Ricardo Valério, do Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte (CORECON – RN); Júlio Miragaya, Conselho Federal de Economia (COFECON); Manuel Enriquez, da Ordem dos Economistas do Brasil (OEB); Juarez Trevisan, Federação Nacional dos Economistas (FENECON) e demais autoridades convidadas. Leia Mais

Artigo – O PIB e as desigualdades econômicas no Rio Grande do Norte

Por Joacir Rufino de Aquino
(Economista, professor e pesquisador da UERN)

O fraco desempenho da economia do Rio Grande do Norte (RN) nos últimos anos tem causado preocupação em vários setores da sociedade. O próprio Governador Robinson Faria, quando ainda não ocupava o atual cargo de poder, externou sua inquietação sobre o assunto em um artigo publicado na imprensa local, com o sugestivo título: “PIB no RN é Produto Interno Baixo” (Tribuna do Norte, 13/01/2013, p. 2). Na sua opinião, a letargia da administração estadual da época não favorecia o avanço e eram necessários investimentos de peso para acelerar o ritmo de crescimento da produção de riqueza potiguar.

Leia Mais